Skip to main content

Release Filme “Fuga da Rocinha”.

“Fuga da Rocinha” é um longa-metragem independente de ficção, produzido pela MáKina Cultural como parte de um projeto social realizado com jovens moradores das comunidades da Rocinha e do Vidigal.

O filme, que está disponível gratuitamente no canal da produtora no YouTube e foi o primeiro longa-metragem gravado na Rocinha, tem roteiro e direção de Antonio Jr., e os atores Andrey Lopes e Maiara Queiroz como protagonistas, contando ainda como os atores João Paulo Gonçalves, Hudson Carvalho, Dione Prado e Sérgio Mib como coadjuvantes, além da participação de muitos moradores da Rocinha, tanto no elenco como na equipe técnica.

O filme foi feito com orçamento de pouco mais de 3 mil reais, e conta a história de Anderson (Andrey Lopes), um jovem de classe alta morador de Copacabana, e de Eliza (Maiara Queiroz), moradora da Rocinha. Os dois iniciam um romance, mas na primeira vez que Anderson vai conhecer a comunidade em que ela vive, acaba testemunhando um assassinato, e é caçado por traficantes que acreditam em seu envolvimento no crime.

O filme alcançou sucesso imediato no YouTube, onde apenas nos primeiros meses atingiu a marca de mais de TRÊS MILHÕES E DUZENTAS de visualizações (versão sem legenda), mais de 71 MIL likes e índice de aprovação do público acima de 97%, sem falar dos mais de 3 MIL comentários de usuários elogiando o trabalho da equipe e dos atores, além de receber destaque pelos sites Adoro Cinema e Filmow.

O sucesso do filme extrapolou a barreira da internet, e em novembro de 2016, foi exibido na programação do 7º CIVIFILMES, Festival de Cinema Independente de São Paulo, onde concorreu nas categorias de Melhor Filme de Longa-metragem, Melhor Roteiro, Melhor Ator Coadjuvante com João Paulo Gonçalves, que interpreta o personagem Elias, e Melhor Trilha Sonora Original, com a música Guerra de Ambição do Mc Dollores, vencendo nas duas categorias principais do festival, ficando com os prêmios de Melhor Filme de Longa-metragem e Melhor Roteiro.

Segue o filme:

Comentários